Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Avatar

Duas pessoas, um encontro, uma atitude, um sentimento.



Engraçado a pergunta, padrão, quando me encontram: e o namorado?
Você sorri, disfarça, e fica pensando: Pois é, cadê?

Às vezes, estar sozinha deixa você carente. Ficar pensando no abraço que poderias estar recebendo, os beijos apaixonados, as juras de um amor para toda vida. Mas o que se vê é a falta de respeito entre as pessoas, traições por meros prazeres momentâneos, famílias destruídas por traições, casais “apaixonados” de repente não se reconhecem. Uma simples atitude que pode fazer um estrago enorme na vida do outro. 

Porém, não é assim para todos. Infelizmente a realidade atual da forma como os relacionamentos acontecem é contraposta pelos eternos apaixonados que acreditam em um relacionamento cúmplice, sincero e vivendo um amor real.

Quantas pessoas com esse ideal romântico existem?

Espero não ser a única a crer que ainda existe a pessoa que vai construir comigo um relacionamento baseado no amor, respeito, cumplicidade, fé, com princípios e valores, uma pessoa que valorize sentimento.
Então, se tiver pessoas que ainda acreditam nisso, por favor, tratem de se encontrar e serem o “namorado” de alguém. 

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...