Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

sábado, 9 de abril de 2011

Avatar

Muller e o Conto

Oi c.c sei que não cabe a minha essa materia mas como vi que o blog ta desde segunda com a mesma materia,então posterei um conto que eu criei *__* espero que gostem.

CONTO

Havia um cara com passos pesados,

Os passos mais pesados da Aldeia
As crianças brincavam saltando sobre as profundas pegadas deixada por ele.
Uma vez o SR da loja de flores perguntou:
- Por que seus passos são tão  pesados?
E ele respondeu com um olhar tristonho:
-  Por que levo em meu coração uma tristeza constante e sentimentos indecifraveis!
 Dizendo isso seguiu com seus passos pesados, extremecendo o chão e deixando suas pegadas profundas

 Havia uma mulher com passos leves.



Os passos mais leves da Aldeia, tão leve que parecia flutuar.
Sempre que batia um vento forte, era necessario que ela segurasse em uma cerca ou um poste par que não fosse levada pelo vento.
Um certo dia o Sr.Vendedor de batatas perguntou-lhe curioso:
- Mocinha, por que seus passos são tão leves?      
Ela foi direta e seca.
- Por que não carrego nada em meu coração.
Ergue a cabeça e foi embora com seus passos leves quase flutuantes
 

 
Ergue a cabeça e foi embora com seus passos leves quase flutuantes
Havia na Aldeia um cara de passos pesados e uma mulher de passos leves.
Numa tarde de outono, um forte vento levou a mulher de passos leves....Ela sentiu seus pés voarem e não havia nada proximo onde pudesse se prender, quando não havia mais esperanças sentiu um mão segura-la pelo braço e firma-la no chão.Era o cara de passos pesados.......
A mulher de passos leves ficou muito agradecida pela ajuda e prometeu-lhe pagar  café com bolachas na mais famosa cafeteria da Aldeia.
Na cafeteria ela perguntou:
Por que seus olhos são tão tristes?
Pela primeira vez alguem havia perguntado sobre seus olhos, pela primeira vez alguem havia ignorado seus passos pesados, e naquela cafeteria, o cara de passos pesados pode chorar e dividir tudo o que sentia com alguem......Comovida com toda a historia que ouvira, ela o abraçou e chorou com ele.....


Saindo da cafeteria de mãos dadas, todos da Aldeia puderam ver que o cara dos passos pesados não deixava mais sequer uma pegada no chão e a mulher de passos leves suportara toda a ventania sem sair do chão.
E viveram felizes por pouco tempo ,mas tudo foi intenso o bastante por  toda uma vida.
 

 Muller da Costa Rocha Gomes(eu,kkkkkk) 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...