Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Avatar

O que foi aquilo?


Estava andando pela rua quando me deparei com uma cena e me choquei. Eram duas crianças se alimentando com restos das comidas de um restaurante. Sinceramente me impressionei com aquilo, percebi que não somos nada e ao mesmo tempo não temos nada (ou será que conseguimos tudo que queremos?).
Naquele momento imaginei coisas, fui tão longe. Lembrei de cenas que achara até aquele momento que eram apenas ficção, e quando me deparei com aquela triste realidade me senti mal por não poder fazer nada. A única coisa possível seria só olhar ou ir embora (acho que a 'caridade' falou bem mais alto do que meu 'orgulho' de fingir não ver a cena).
Meus pais me ensinaram uma coisa que não valorizava até então, aquela frase dita por quase todos: "Não joga comida fora!", "Hoje vocÊ tem, ou 'cê' tá achando que meu dinheiro é capim?" (bem ignorante essa frase, só que a vida é ironica e um dia você querendo ou não passa a usar com seus filhinhos). Esse tipo de coisa. Depois da cena que presenciei valorizei aqueles conselhos que fingia ouvir (pode até parecer que foi tarde, mas nunca é tarde para reparar uma falha) ainda era cedo e eu sabia que podia fazer algo. De repende me veio um sentimento puro e me senti tão humana que eu pude fazer algo BONITO [ não que fosse uma glória, mas sim um dever como ser humano) Pude ajudar o próximo. Comprei comida em um restaurante perto dali e entreguei à eles (que reflexivo esse meu dia) olha só, esse restaurante era mesmo que eles se alimentavam com os restos. Irônico, não! (ajudei e logicamente consegui sentir dentro de mim uma nova pessoa, melhor, um novo ser humano surgindo) me senti muito melhor e me tranquilizei um pouco, mesmo sabendo que, com certeza aquilo era o mínimo do pouco que todos nós devemos fazer, mas naquele momento eu tenho certeza que a minha simples ajuda serviria para algo (talvez a única coisa útil, feita por mim!?)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...